Translate

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Obesidade Infantil

Sabemos que ter uma alimentação saudável vem de hábitos, que adquirimos ao longo de nosso dia a dia, com escolhas mais saudáveis, na busca de conhecimento sobre os alimentos que colocamos em nossa mesa. E em meio a tudo isso, estão as crianças. 
As crianças são mais bombardea-las pelas guloseimas, e por serem menores, cabe a nos adultos, a colocar os limites, e visar uma alimentação mais saudável. Concordo, que em meio a tanta mídia, que coloca as guloseimas, em propagandas cada vez mais sugestivas essa pode não ser uma tarefa fácil, mas não é impossível, e apesar de ser trabalhosa, deve ser enfrentada por toda família, visto que é uma questão de saúde.
As boas escolhas para evitar que a criança, seja obesa, e tenha problemas com o peso deve começar desde a idade de lactação, veja algumas dicas, para evitar problemas alimentares com as crianças:

AMAMENTAÇÃO: Sabe-se que a amentação é muito importante para as crianças, por isso nessa faze, procure fazer o máximo possível para amamentar, procure seguir as recomendações do pediatra, e nada de cair nas crendices de leite, fraco de que a criança esta mamando de mais, ou esta chupetando o peito. Quando surgir duvidas sobre o assunto, procure um profissional para esclarecimento, evite buscar as informações da internet, que muitas vezes podem estar equivocadas.

O PEDIATRA: Ele vai ser seu melhor amigo, procure seguir as recomendações, na duvida procure uma segunda opinião, mas nao se deixe levar pelos casos conhecidos de vizinhas, amigos ou mesmo familiares. Procure oferecer sempre os alimentos mais naturais possíveis para a criança.

INDUSTRIALIZADOS: Alguns profissionais são bem radicais, e acreditam que os industrializados não devem ser inseridos na alimentação da criança tao cedo. Pondere sobre o assunto, sera que é mesmo saudável para uma criança, que ainda esta se desenvolvente, consumir industrializados com frequência? 
ROTINA: Sabemos que todas crianças precisam de uma rotina, e isso deve ser levado também para a mesa, evite as guloseias fora de hora, evite que a criança beba junto com as refeições, lembre-se que quanto mais hábitos saudáveis conseguir passar pra ela, menos problemas futuros ela terá.

PAPINHA: A praticidade das papinhas prontas, podem nos levar a coloca-las na mesa, mas, esses produtos contem sódio, conservantes. Deixe esses produtos para ocasiões, e convenhamos, não demora muito fazer uma papinha, e sempre se tem a opção de congelar.

PALADAR: Os pequenos tem uma certa tendencia pelo doce, mas isso é uma questão de educar o paladar, procure se lembar, de quantas colheres de açúcar você coloca (ou colocava na mamadeira), se já tem o doce do achocolatado, que muitas vezes exageramos nessa dosagem também, acaba ficando desnecessário o uso do açúcar. Procure não viciar o paladar das crianças, procure maneirar no açúcar e no sal quando for preparar as refeições.

DISTRAÇÕES: Procure sempre comer junto com a criança conversando sobre o dia dela, evite a TV, computador e celulares nesse momento.

TROCAS: Muitas crianças tem uma certa resistência na hora de comer legumes, frutas e verduras, mas por mais difícil que seja, evite fazer trocas com as refeições. Coma junto com a criança, assim você a incentiva, proponha que ela experimente os alimentos, sabemos que muitas crianças dizem que não gostam de determinados alimentos, mas na verdade nem sabem o gosto, por que nunca experimentaram.

VARIEDADES: Procure variar a forma de preparo dos alimentos, busque novas receitas, se a criança ainda persistir na resistência de certos tipos de alimentos, busque apresenta-los de outras formas.

COZINHAR: Proponha que a criança te ajude no preparo das refeições.

LANCHES: Na escola a criança esta mais sujeita a comer besteira, busque se informar se a escola oferece opções mais saudáveis de lanches, converse com a criança sobre o comer besteira todo o dia, sugira para que uma vez na semana ela coma besteira e nos de mais alimentos saudáveis.

Se tiver duvidas sobre alimentação dos pequenos procure um nutricionista, leve a criança para conversar com o profissional, e lembre-se que o exemplo é a melhor forma de educar.
Quer saber mais sobre o assunto? Acesse:
wikipedia.org
obesidadeinfantil
noticias.uol.com.br
tuasaude.com



2 comentários:

  1. Olá Ju

    Dicas super esclarecedoras. Adorei ler.

    Amanhã tem surprezinha lá no blog. Espero vc...

    AMIGA DA MODA by Kinha

    ResponderExcluir
  2. Bem esclarecedor e importante o post, adorei!
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...